Que a gente tenha mais vontade e menos preguiça. Mais coragem e menos medo. Mais alegria e menos lágrimas. Mais abraços e menos vazio. Mais sorrisos e menos cara amarrada. Mais leveza e menos reclamações. Mais saúde e menos doença. Mais colo e menos solidão. Mais mãos dadas e menos braços vazios. Mais conhecimento e menos cabeça fechada. Mais trabalho e menos corpo mole. Mais mudança e menos mais do mesmo. Mais acertos e menos erros. Mais entendimento e menos julgamento. Mais acolhimento e menos frustração. Mais perdão e menos picuinha. Mais elogio e menos fofoca. Mais reforço positivo e menos crítica negativa. Mais respeito e menos grosseria. Mais educação e menos palavrão. Mais caridade e menos olhares para o próprio umbigo. Mais olho no olho e menos palavras que nada valem. Mais tolerância e menos rebeldia. Mais cuidado e menos egoísmo. Mais doçura e menos grito. Mais esperança e menos desilusão. Mais fé e menos incertezas. Mais resposta e menos interrogação. Mais amor e menos gente que não sabe o que isso significa.
Clarissa Corrêa.  (via segredou)

(via segredou)


(via insatos)


Serei o que você quiser, mas só quando eu quiser.
Clarice Lispector (via segredou)

(via segredou)




Todo celular deveria perguntar: ‘Tem certeza absoluta que quer mesmo mandar essa sms?’ antes do envio real. Ou: ‘Aperte 1 se está sóbria, aperte 2 se está bêbada, aperte 3 se acha que não está boa ainda…
Tati Bernardi.                        (via alentador)

(via alentador)




Eu sou sua e eu serei sua até que as estrelas caiam do céu. Sua até que os rios sequem, em outras palavras, até eu morrer. Eu sou sua e eu serei sua até que o sol não brilhe mais. Sua até que as rimas dos poetas se esgotem, em outras palavras, até o fim dos tempos.
Arctic Monkeys (via alentador)

(via alentador)


(via dia-qualquer)